Arquivo do mês: abril 2008

Esse povo não tem mais o que inventar…

Agora estão inventando que o gás no vestiário do Parque Antarctica domingo era "bambicida". Quanta maldade! tststs Anúncios

Publicado em Uncategorized | Deixe um comentário

Vontade de xingar

Aquela pescoçuda do caralho   “- Você sabe que Deus criou o mundo. Mas foi o homem que tornou o mundo confortável.Ta na bíblia.– O homem é o Deus do conforto.– Faz sentido.– O único animal que poderia fazer isso … Continuar lendo

Publicado em Uncategorized | Deixe um comentário

“A vida não pára quieta”- milésima parte

Ad infinitum é uma expressão de origem latina que significa literalmente "até o infinito". Geralmente é empregada para designar situações que se perpetuam para sempre ou ilimitadamente ou então processos que se repetem indefinidamente.(Wikipédia)

Publicado em Uncategorized | Deixe um comentário

Cheiro do ralo

Esse cheiro que vocês estão sentindo não é meu, não, tá? É do ralo.

Publicado em Uncategorized | Deixe um comentário

Filmes para hoje

" Onde quer que esteja, com quem quer que ande, com o sol abrasador ou uma lua gelada sobre a cabeça, o homem é um solitário à procura dele mesmo, sussurrando e clamando por um sentido para todos os absurdos … Continuar lendo

Publicado em Uncategorized | Deixe um comentário

Cenas inspiradoras

Há uma cena inesquecível no filme Um dia de fúria (Falling Down, Eua, 1993). Michael Douglas acaba com tudo naquele dia. De vez em quando não dá vontade de fazer aquilo? Mas nosso bom senso, na maioria das vezes, não deixa. Mas … Continuar lendo

Publicado em Uncategorized | Deixe um comentário

Pé di porcu vestibulando

Assim como a personagem de Felicidade clandestina, estava ansiosa para ler um certo livro. Não via a hora de terminar O cobrador, de Rubem Fonseca para emprestar O calor das coisas, de Nélida Piñon. Já havia lido o conto I … Continuar lendo

Publicado em Uncategorized | Deixe um comentário